Fazer intercâmbio para conhecer povos e culturas diferentes

10 abr

O Intercâmbio de Jovens do Rotary é um programa mundialmente reconhecido pela oportunidade que dá ao jovem entre 15 e 19 anos de conhecer novas pessoas, conviver com famílias diferentes e poder aprender um idioma além do seu próprio.

Mais de 8mil estudantes participam todos os anos e o propósito, em âmbito mundial, de trocar o estudante de país por um ano, ainda vai além. Ao compartilhar sua cultura, e abraçar uma nova, o jovem promove a compreensão mundial e aprende muito sobre seu país e sobre si mesmo.

Em Juiz de Fora, o programa de Intercâmbio de Jovens é valorizado e praticado. O Rotary Club Juiz de Fora Norte, a cada ano, apadrinha jovens juizforanos que vão para outros países, assim como recebe estrangeiros. O intercambista é recebido no país de destino e hospedado em famílias diferentes durante o ano de permanência. O intuito é que as host Familys, como são chamadas, tratem o jovem como filho, parte da família.

João Pedro Lisboa Mazzei, hoje com 17 anos, participou do intercâmbio de jovens quando tinha 15 anos, em novembro de 2013. A cidade escolhida por ele para passar os 6 meses de troca cultural foi Teziutlán, no México. Ele conta que, conhecer um novo país o tornou mais compreensivo com as pessoas e o fez ainda mais patriota e apaixonado pelo Brasil.

João Pedro ao centro, com amigos intercambistas

João Pedro ao centro, com amigos intercambistas

João Pedro teve contato com o mercado internacional, ao vivenciar a rotina de trabalho de sua primeira família. Eles são proprietários de uma confecção de jeans, que exporta para os EUA. Para o jovem, que deseja cursar administração e trabalhar com comércio exterior, foi uma ótima oportunidade de aprendizado.

João Pedro, ao centro, com sua host Family

João Pedro, ao centro, com sua host Family

Já Magdalena Laura Beschel, jovem alemã de 16 anos, está no Brasil, em Juiz de Fora, há 7 meses. Ela conta que não é fácil estar em uma casa que não é a da sua família, mas que “é muito legal aprender a se adaptar com seus novos pais e mães”. Ela ainda tem 4 meses de intercâmbio pela frente, mas já sabe o que vai levar do Brasil: “eu vou levar pra Alemanha a amizade! Aqui as pessoas são muito abertas… abraçam e beijam todo mundo. Também vou levar os tipos de dança… eu gosto muito. E música brasileira é muito legal!”

Magdalena em visita às Cataratas do Iguaçu

Magdalena em visita às Cataratas do Iguaçu

Aurélie Flamand, hoje com 19 anos, esteve no Brasil em 2013/2014. Vinda de Tournai, uma pequena cidade da Bélgica, foi recebida em Juiz de Fora para um intercâmbio de aproximadamente 10 meses. Ela conta que “os Brasileiros são muito abertos e eu aprendi muitas coisas desse país maravilhoso. O pessoal no Brasil é muito carinhoso! Fiz muitas amizades que nunca vou esquecer!”.

Aurélie Flamand no Rio de Janeiro

Aurélie Flamand no Rio de Janeiro

Aurélie, conta que no seu primeiro contato com o Brasil seu choque cultural foi com a comida. “A alimentação no Brasil é bem diferente da praticada na Bélgica. Aqui há os alimentos básicos, de todo dia, como arroz e feijão. Já na Bélgica, cada dia há um prato principal e um acompanhamento”. Aurélie ainda ressalta que “com certeza os costumes são completamente diferentes dos da Europa mas gosto muito do jeito de viver do brasileiro”, finaliza.

Para saber mais sobre o Intercâmbio e conhecer os tipos de programas oferecidos, entre em contato com o Rotary Club Juiz de Fora Norte e se informe sobre o processo de inscrição. Como o processo de seleção e orientação pode ser lento, sugerimos que você se candidate de 6 a 12 meses antes da data em que planeja viajar.

Anúncios

Uma resposta to “Fazer intercâmbio para conhecer povos e culturas diferentes”

  1. Lavinia 17 de maio de 2015 às 12:34 #

    Olá, meu nome é Lavinia Barbosa. Tenho 15 anos e desde os 11 sempre me interessei pela ideia de fazer intercâmbio. Desde o ano passado tenho procurado as melhores opções e acabei achando o Rotary. Achei o Rotary uma instituição fantástica e gostaria muito saber como faço para poder se apadrinhada pela instituição para poder fazer um intercâmbio. Desde já agradeço.

O que você tem a dizer sobre isso?

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: